EXPERIMENTE FAZER COMPANHIA PARA SI MESMO É O OUTRO LADO DA SOLIDÃO

Eu dou conta de mim mesmo!

Mais e mais ouve-se dizer do medo da solidão

O mais interessante em ouvir isso é perceber o pavor por trás desta palavra: Solidão.

Pavor de uma palavra como se ela decretasse a morte da pessoa, como se fosse ouvir que tem uma doença terminal.

Ha uma grande diferença em estar só, consigo mesmo e solitário, não ter ninguém, o que por si só somente e possível no terreno do sentir, por que na verdade, ninguém e totalmente sozinho.

Somos ditos, ensinados, quase que adestrados a depender da companhia de outros para não sentir sozinho. Esta e uma crençaa, não uma realidade.

Quando estamos conosco mesmos, deveríamos nos sentir com a melhor companhia do mundo: nos mesmos.

Porem isto não e o que acontece. Entramos em parafuso, nos sentimos incompletos, com necessidade de presença, não necessariamente da troca.

Também corremos o risco de nos tornarmos agressivos, inseguros, criar coisas que não existem, pelo simples fato de não conseguir lidar conosco.

Devemos sim, aproveitar o tempo que estamos sozinhos, em nossa companhia, para expandir nossas percepções de nos mesmos, de nossos quereres, nossas limitações e da beleza que e dar conta de nos mesmos.

Experimentar gozar de nossa própria companhia é algo que pode te surpreender e poderá ter prazer com você mesmo, independente de outros.